O Cinepiano The Cinepiano

Na verdade, o cinema nunca foi mudo. Quase sempre as projeções cinematográficas deste período eram acompanhadas por música executada ao vivo.

O CINEPIANO Tony Berchmans é uma experiência audiovisual única na apresentação de grandes clássicos do cinema. Ao piano, Berchmans improvisa a trilha sonora musical ao vivo, utilizando temas de sua autoria e excertos de música folclórica ou clássica, sempre em intenso diálogo com a narrativa dos filmes.

A técnica de acompanhamento musical de Berchmans representa uma nova forma de se assistir a antigos clássicos. A música narra as cenas com precisão e, na falta dos diálogos e sons, ela ajuda a contar a história, estabelecendo andamentos, climas emocionais, ambientações dramáticas e pontuações cômicas.

 

INSPIRAÇÃO

Em 2008, Tony Berchmans assistiu a uma apresentação do pianista Bob Mitchell, então com 96 anos de idade, no Silent Movie Theater em Los Angeles. Bob começou a tocar com doze anos de idade, em 1924, em pleno auge do chamado cinema mudo! Apesar da idade avançada, o lendário músico proporcionou um espetáculo inspirador ao acompanhar dois filmes com técnica e sensibilidade indescritíveis.

Inspirado pela experiência, dois anos depois Berchmans criou seu CINEPIANO Tony Berchmans e desde então vem se apresentando em prestigiados e variados espaços culturais no Brasil, como MIS (Museu da Imagem e do Som/SP), Teatro Porto Seguro, várias unidades do SESC e SESI, em São Paulo, Belo Horizonte, Campinas, Santos, São José dos Campos, Sorocaba, Piracicaba, Itu, Uberlândia e Ribeirão Preto, entre muitas outras.

Nos últimos anos, o CINEPIANO Tony Berchmans ainda foi selecionado pelo Circuito Cultural Paulista, pelo Circuito SESI, participou das “Viradas Culturais” do estado e do município de São Paulo, convidado da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, e da Fundação Clóvis Salgado (BH).

Na Europa, o CINEPIANO foi atração especial em vários eventos relevantes como o NattJazz 2013 (tradicional festival de Jazz de Bergen, Noruega), em 2 edições (2014 e 2016) do Transilvania International Film Festival (Maior festival de cinema da Romênia), no Wide Skies Film Festival (em Hexham, Inglaterra) e no Cinema Museum (Londres), entre outros.

 

IMPRESSÕES

“For The Cinema Museum screening of He Who Gets Slapped [1924] we had the pleasure of Tony Berchmans CINEPIANO accompaniment which was delightful and enhance the film perfectly” – Martin Humphries, Museum Director – The Cinema Museum – London, UK

“I would highly recommend Cinepiano Tony Berchmans to any other film/ music/arts festival or venue. The performance itself was wonderful and unique but I would strongly recommend making sure that there is enough time allowed for the audience to hear from Tony himself about his passion for live accompaniment and improvisation” – Tamsin Beevor – Wide Skies Film Festival – Hexham, UK

 

FORMATO

O CINEPIANO Tony Berchmans é uma apresentação versátil e dinâmica, que permite inúmeros recortes: Desde um programa de curtas de comédia para crianças até uma ciclo de filmes cult para um festival cinéfilo, são muitas as possibilidades de formatos e temáticas que o CINEPIANO pode proporcionar.

Sempre que possível, são utilizados projetores 16mm e cópias exclusivas em película, além da indispensável presença do piano acústico. Tudo para criar uma atmosfera singular e oferecer ao público uma experiência única.

A adequação do espetáculo a projetos culturais variados é um ponto alto do CINEPIANO Tony Berchmans. Os requisitos técnicos são básicos e de fácil adaptação aos variados formatos de espaços em que o espetáculo pode se realizar, desde grandes salas de concertos, teatros, cinemas, museus, ou em áreas abertas.

 

TONY BERCHMANS

Tony Berchmans Canto é autor do livro “A Música do Filme – Tudo o que você gostaria de saber sobre a música de cinema”, importante referência na literatura sobre o tema, atualmente em sua 5ª edição. Compositor, Produtor musical, Pianista e Engenheiro pós-graduado em Comunicação pela ESPM-SP, desde 1992 trabalha no mercado de produção fonográfica, coordenando, compondo e produzindo som para rádio, tv, cinema, internet em centenas de projetos. Como produtor de fonogramas publicitários, trabalhou para clientes como GM, Kodak, Microsoft, Philips, Telefônica, Johnson&Johnson, Unilever, Procter&Gamble, Fiat, Itaú, Volkswagen, NET, entre centenas de outros.

Em 2007, foi o curador do “Música em Cena – 1o Encontro Internacional de Música de Cinema”, realizado no Rio de Janeiro, evento inédito no país que contou com lendas da música de cinema como Ennio Morricone e Gustavo Santaolalla, entre dezenas de outros. Frequentemente participa de festivais e concertos de música de cinema nos EUA, Espanha, Bélgica e Brasil, profere palestras e ministra cursos em instituições como PUC/SP, ESPM, FAAP, Casper Líbero, MIS-SP e SESC, e escreve para sites e revistas. Também sobre o tema, produziu e apresentou o programa “Cena Sonora”, na rádio FAAP/SP e atualmente é professor de Pós-Graduação em Trilha Sonora da Universidade Anhembi-Morumbi em São Paulo. Com seu projeto CINEPIANO Tony Berchmans, realizou mais de 90 concertos e vários workshops no Brasil, Noruega, Itália, Portugal, Romênia e Inglaterra.

 

 

fotos do site: Nati Canto, Toco Gabriotti, Chico Mitre, Alexia Santi, Nicu Cherciu, Claudio Pepper.

videos: Allard van Wielink (2020 studios)

We usually call them silent, but movies were never silent at all. Since the days of the early screenings, they were almost always accompanied by music.

Impressive work of improvisation and synchronism, live music scoring is a very unique audiovisual experience. Music precisely marks the scenes and in the absence of dialogue and sound, it helps to tell the story establishing the pace, emotional mood and dramatic background.

CINEPIANO Tony Berchmans brings up a tribute for this magic aspect of filmic experience. Scoring classic silent movies, composer and pianist Tony Berchmans improvises the musical score with his own inspiring original music inspired by vintage styles, always in precise sync with the action and the emotional moments of the story.

 

Inspiration

Tony Berchmans started his own project after been inspired by a historic performance of the ninety-six year-old pianist Bob Mitchell (1912-2009) in 2008. Despite Mitchell’s age, he blew Tony’s mind up, scoring two movies with outstanding technique and great sensibility at the Silent Movie Theater, in Los Angeles. Mr. Mitchell started playing the piano in movie theaters in 1924, in the so called real silent movie era. Years later, CINEPIANO Tony Berchmans has been shown in dozens of prestigious brazilian cultural institutions such as MIS-SP (Museum of Image and Sound of Sao Paulo), SESC, SESI and various festivals, venues and open spaces in Brazil. Since 2013, Tony Berchmans has been performing in many special events in Europe, such as NattJazz2013 (Bergen, Norway) Teatro Rossi Aperto (Pisa, Italy), Transilvania International Film Festival (Cluj-Napoca, Romania), Wide Skies Film Festival (Hexham, UK), Espaço Espelho D’água (Lisbon, Portugal) and Cinema Museum (London, UK).

 

CINEPIANO Tony Berchmans presents music scoring in its purest form, not using recordings nor electronic devices. A work that demands wide knowledge of the silent film history and specific music techniques of improvisation. The dialogue among film and music flows in real time – like a duet improvised for piano and silver screen – bringing an exciting experience to cinema professionals and to the general public as well.

 

“For The Cinema Museum screening of He Who Gets Slapped [1924] we had the pleasure of Tony Berchmans CINEPIANO accompaniment which was delightful and enhance the film perfectly” – Martin Humphries, Museum Director – The Cinema Museum – London, UK

 

“I would highly recommend Cinepiano Tony Berchmans to any other film/ music/arts festival or venue. The performance itself was wonderful and unique but I would strongly recommend making sure that there is enough time allowed for the audience to hear from Tony himself about his passion for live accompaniment and improvisation” – Tamsin Beevor – Wide Skies Film Festival – Hexham, UK